Palestra socioambiental nas escolas da rede publica de Ouro Preto
18/10/2013 - ( Cidade )

 

Dando continuidade a agenda de palestras socioambiental programadas para o mês outubro/13 a serem realizadas pelos ACD’S da CAERD, a equipe formada pelos servidores, Salomão Pereira, Arlete Barbosa ambos de Porto Velho e José Pereira de Ouro Preto, iniciaram nessa segunda feira nas escolas EMEF Benjamin Constant pela manhã, das 8:00 às 9:00 e à tarde das 13:00 às 14:00 e ainda no período da tarde na EEEFM Dr. Horácio Carelli Mendes. Nesse primeiro dia a equipe foi acompanhada ainda pelo servidor: Jeová Olegário– gerente da CAERD de Ouro Preto e membro do Comitê de Perdas da CAERD e à tarde pela servidora e ACD, Marilda Mariano também da gerencia Ouro Preto.

Cumprindo esse ciclo de palestra socioambiental, também em Porto Velho, daremos inicio ainda nessa semana, nos dias 16 e 18, na, Escola Estadual de Ensino Fundamental Manaus e na EEEF Eloisa Bentes Ramos. Os ACD’S palestrantes serão os servidores: Raimundo Barbosa e Regina Santana Postigo.

Nas palestras os ACD’S destacam as vantagens do uso da água tratada, abordam sobre as fases do tratamento da água, dão dicas de como evitar o desperdício da água tratada e alertam sobre os perigos do consumo da água não tratada, como fonte de doenças de veiculação hídrica, como: diarréia, hepatite A, leptospirose e esquistossomose.

Ao final das palestras abrimos espaço para perguntas e já tivemos nesses momentos de interação com os alunos, depoimentos de morte de pais e irmãos, acometidos por essas doenças. Nesses momentos nos sentimos tristes, no entanto, nos encoraja mais ainda em dar continuidade a esse trabalho de conscientização sobre a importância do consumo de água tratada.

Após abordar todos os temas, informamos aos alunos sobre as condições que  a CAERD dispõe para que os cidadãos possam se ligar a rede da Companhia. Lembrando que a empresa oferece a tarifa social para quem participa de programas do governo federal, como, bolsa família ou aposentados e lembra ainda que o consumo racional possibilita uma tarifa acessível a todos.

 Por Arlete

   Fonte : Arlete Barbosa