Buracos no asfalto: a indignação da população é muito justa mas a culpa não é da CAERD
17/05/2018 - ( 0 )

 

É muito comum e compreensível que um cidadão, ao passar por um buraco feito no asfalto para colocar canalização e que não foi reparado logo em seguida, esbravejar com muita raiva contra a CAERD. Não raras vezes tais buracos são feitos logo após a realização do asfaltamento na rua.

 

Entretanto, as obras de esgotamento sanitário e ampliação de redes de distribuição de água foram feitas através de contratos firmados diretamente entre o Estado de Rondônia, através da Secretaria Executiva do PAC, e a União. Ou seja, a CAERD não tem qualquer ingerência sobre tais obras, seja para contratar ou fiscalizar; isso é feito, ou deveria ser, pela Secretaria Executiva do PAC.


Todavia, a fama, no caso a má-fama, fica pra CAERD, sendo que a diretoria anterior da empresa não fazia a menor questão de esclarecer tal situação, pois havia uma intenção notória dos antigos dirigentes de prejudicar deliberadamente a imagem da CAERD, visando jogar a opinião pública contra a empresa, para justificar sua privatização ou mesmo a simples liquidação.

 

A prova cabal de que tais buracos deixados em asfaltos não é da responsabilidade da CAERD é um documento assinado, em julho de 2017 com Prefeitura da Capital, onde “a Secretaria Executiva do Gabinete do Governador (SEGG) concordou em assinar um acordo garantindo a recuperação de vias públicas em Porto Velho que são destruídas por empresas que realizam obras de abastecimento e saneamento básico”. Ao que parece o acordo não vem sendo cumprido.

 

   Fonte : It Ferreira